Home » » Estratégia #19

Estratégia #19

Postado Por Vanessa Benko em 17 de julho de 2012 | 10:30

A proposta desse material Estratégia é que o professor ou aluno possa se familiarizar com diversos temas estratégicos de situações reais de partida. É interessante que o leitor gaste algum tempo em cada posição a fim de compreender bem as ideias, e fixar diferenças entre elas em um mesmo tema e assim condicionar a mente com conhecimentos de temas específicos a serem usados nas partidas como conhecimentos prévios.

Começamos essa coluna com temas simples de abertura e com o passar do tempo trataremos inúmeros temas diferentes, aconselhamos a estudar também nossos exercícios. Outros artigos de nosso acervo em Materiais Didáticos podem ajudá-lo a entender os princípios de análise e cálculo da posição. Para a melhoria de nossas publicações faça seu comentário ou nos dê sugestões de materiais a publicar.


1-1.f4 A ideia é jogar f5, e com isso abrir a coluna "f", e apoiado pelo bispo de a2 na diagonal a2-g8 criar perspectivas de ataque contra o rei preto.

2-1.f4 Aqui a ideia é também jogar f5, abrir a coluna "f" para as torres e aumentar a pressão na diagonal a2-g8.

3-1...,g5 Com roques em alas opostas, em geral o plano é atacar o rei contrário da forma mais rápida possível por avançar os peões, e com isso abrir linhas de ataque ao rei.

4-1...,Bxf3 As pretas tem intenção de atacar e com esta jogada conseguem abrir a posição do rei branco. Aparentemente entrega material, mas com o próximo movimento preto (f4) recupera material e deixa o rei branco desprotegido.2.gxf3 f4

5-1.e6+ As brancas sacrificaram uma peça, por isso estão em desvantagem material. Devem atacar o rei preto para compensar isto. A forma correta e mais fácil de atacar é atraí-lo ao centro onde há linhas abertas para as outras peças.1...,Rxe6 2.Ce5 (2-Te1+ também é forte.)2...,Dc8 3.Te1 Com boas chances de vencer por ataque.

6-1.h5 Em posições onde os reis estão rocados em alas opostas é importante atacar o rei contrário o mais rápido possível. Com o sacrifício de um peão as brancas abriram a coluna "h" e aceleraram o ataque.1...,Cxh5 2.Bxg7 Elimina um dos defensores do rei preto.
2...,Rxg7 3.g4 Expulsa o cavalo para conquistar a coluna para a dama e torre. 3...,Cf6 4.Dh6+ Rg8 5.g5 Ch5 6.Txh5 gxh5 7.g6 hxg6 8.Dxg6+ Rh8 9.Dh6+ Rg8 10.Tg1+

7-1.f5 Inicia um poderoso ataque contra as pretas, a força do ataque se dá porque há a possibilidade do avanço de outros peões (g5) ou através de um ataque direto pelas jogadas (fxg6- Dh4-Cg5-Cf4). Se ao invés da jogada 1-f5 as brancas tivessem optado por g5, perderiam a opção de atacar com as peças pesadas.

8-1...,h5 Ameaça ganhar o bispo com h4. Desta forma força as brancas a mover seu peão, isso permite a abertura de linhas para as peças pretas na ala do rei.2.h4 gxh4. A jogada 2...g4 seria um erro, por permitir que o rei branco fique mais protegido.

9-1...,c4 As pretas conseguiram abrir linhas na ala do rei(coluna g), mas também é muito importante proteger o próprio rei e com as jogadas a seguir cuidarão disso. 1...,c4 mantém o rei o mais protegido possível.2.Be2 a6 Para bloquear a ala da dama após os avanços brancos: 2-a5 com b5 e 2-b5 com a5, e conseguindo proteger seu rei continuarão a atacar na outra ala.

10-1.f4 A ideia é atacar, para isso as brancas precisam abrir linhas e enfraquecer as defesas do rei preto. A participação da torre será muito importante.1...Tc3 2.Cxe7+ Dxe7 3-f5 E as brancas possuem um forte ataque, pois praticamente todas as suas peças participam.



like xadrez

©Conteúdo protegido por direitos autorais. Texto produzido pela equipe Xadrez Batatais. Todos os direitos reservados. Plágio é crime. Se deseja reproduzir essa postagem em seu blog/site, por favor entre em contato antes através do e-mail contato@xadrezbatatais.com

Todos os exercícios e materiais didáticos estão disponíveis gratuitamente em nosso site. No entanto, para manter nosso site, bem como desenvolver tais materiais, utilizamos diversos recursos próprios e financeiros. Assim, se apreciar nossos materiais e quiser nos ajudar, aceitamos doações de qualquer quantia para continuarmos nosso trabalho e desenvolver ainda mais materiais.



Compartilhe este artigo :

Postar um comentário