Home » » Títulos e Normas FIDE (jogadores)

Títulos e Normas FIDE (jogadores)

Postado Por Paulo Henrique de Faria em 31 de dezembro de 2011 | 13:24

Esse post é em resposta a uma pergunta por e-mail enviado por Diego Almeida, um de nossos leitores,  do Estado do Ceará, que nos pediu que explicasse de maneira detalhada sobre a questão das normas para MI e GM e também WIM e WGM porque sempre ouvia falar sobre isso mas nunca alguém explicava de forma completa, e a dúvida aumenta também pelo fato de existir Mestres FIDE com mais de 2400 de rating e MIs com menos. Tentamos criar um post que abordasse de forma ampla a temática e esperamos atender senão todas as dúvidas, ao menos a maioria. Não são tópicos fáceis, mas esperamos ajudar.


Primeiramente falando de títulos de jogadores, precisamos entender que há dois gêneros, os títulos Abs (absolutos) que envolvem homens e mulheres e títulos Fem (femininos) só para as mulheres.

Títulos Absolutos:



GM= Grande Mestre -necessita 2500 de rating e 3 normas
MI= Mestre Internacional- necessita 2400 de rating e 3 normas
MF= Mestre FIDE- necessita 2300 rating e solicitar o título a FIDE
CM= Candidato a Mestre- necessita 2200 rating e solicitar o título a FIDE

Títulos Femininos

WGM= Woman Grand Master -necessita 2300 de rating e 3 normas
WIM= Woman International Master- necessita 2200 de rating e 3 normas
WFM= Woman FIDE Master- necessita 2100 rating e solicitar o título a FIDE
WCM= Woman Candidate Master- necessita 2000 rating e solicitar o título a FIDE


Resumindo essa primeira parte, o título de WGM seria o equivalente a MF no absoluto (a diferença entre os títulos com nomes equivalentes entre o fem e o abs é de 200 pontos de elo), no mundo existem inúmers GMs mulheres, o caso mais conhecido é da húngara Judit Polgar que diversas vezes circula na categoria dos jogadores com mais de 2700 e chegou a top 10 do mundo em elo. Na América do Sul temos o exemplo da argentina Carolina Lujan que em 2002 sagrou-se WIM, em 2005 WGM e em 2007 MI, ou seja, há uma clara distinção entre os títulos femininos e absolutos, e tanto para homens como mulheres não é simples alcançar titulação.




Acima são os critérios padrões para alcançar os títulos. Quando encontramos jogadores que possuem tais títulos e nunca alcançaram o rating exigido para CM, WCM, MF ou WFM, ou não fizeram as 3 normas necessárias para chegar a MI, ou GM, ou WIM e WGM é porque eles foram contemplados com o título por participarem de torneios como por exemplo, o Zonal 2.4 da FIDE que ocorreu esse ano no Brasil, onde o então MF Evandro A. Barbosa conseguiu a melhor classificação entre os MFs e ganhou direto o título de MI, sem ter de concluir as 3 normas e também nunca havia chegado aos 2400 de rating, e também Simão P. Dias que foi o melhor classificado sem título nesse torneio e conquistou de forma direta o MF e tem como melhor elo de sua carreira 2135.
Alguns outros brasileiros chegaram ao título de MF por terem vencido categorias a partir do sub-10 em eventos panamericanos , caso de Arthur Chiari, e outros ganharam normas de MI e GM por terem vencido categorias se não me engano a partir do sub-16 nesses eventos internacionais, mas torneios como esses são pontuais, e dificilmente se o jogador não alcançou tais títulos nos mundiais e panamericanos por categorias, terá chances menores ainda ao disputarem os zonais.


O campeão mundial sub-20 e o acima de 60 anos ganha o título de GM direto, mas hoje em dia dificilmente ambos os vencedores já não possuam tais títulos.


Abaixo segue alguns critérios a respeito dos torneios válidos para normas:


Os ITT – (INTERNATIONAL TITLE TOURNAMENT) são os torneios mais comumentes feitos para os jogadores obterem as normas de MI, GM, WGM e WMI tem requisitos mínimos que são:


- Obedecer Leis do Xadrez e HandBook C06


-  Máximo de 12 horas de partidas por dia


-  Máximo de 2 rodadas diárias


-  Período máximo: 90 dias (exceção)


Ritmos de jogo válidos e mais comuns

Sem incremento por lance

-  40 lances em 2h + 30’ ko

Com incremento por lance

-  40 lances em 1h30 + 30 min + 30”/lance

-  1h30 + 30” válido até 31.12.13

Exemplos de ritmos também válidos, mas menos empregados:  


-  2h para 40 L/1h KO

-  2h para 40 L/30’ KO +30” desde lance 1

-  2h para 40 L/1h para 20 L/30 min KO

-  Ex: 2h para 40 L/1h p 20 L /15’/30” i<L 61

Demais requisitos:

-  Arbitrado por IA ou FA, ou

-  Nº mínimo de 9 partidas (exceções 1.24)

-  Mínimo de 3 bandeiras - fed. filiadas/FIDE

-  Exceção: Finais de Fed. Filiadas/FIDE

 -  Máx de 60% da Federação Promotora 

 -  Máx de 66% de uma única Federação

 -  Mín de 50% dos adv. devem ter Título

 -  Máx de 22% podem ser de jogadores UR

 -  GM norma: 3 dos adv devem ser GM

 -  IM norma: 2GM, 1GM e 2MI ou 3MI

 -  Escore mínimo: 35% dos pontos

Para propósito de norma, o rating mínimo dos oponentes não poderá ser inferior:

-  GM Title: 2200

-  IM Title: 2050
-  WGM Title: 2000

-  WIM Title: 1850

Para propósito de norma, o rating médio dos oponentes não poderá ser inferior:

 -  GM Title: 2380

 -  IM Title: 2230

 -  WGM Title: 2180

 -  WIM Title: 2030

Para propósito de norma, o rating performance não poderá ser inferior:

-  GM Title: 2600

-  IM Title: 2450

-  WGM Title: 2400

-  WIM Title: 2250
Não serão válidas para título FIDE partidas:
-  Jogadas em ritmo mais acelerado que os mencionados no quadro anterior

-  Não efetivamente jogadas no tabuleiro

- Disputadas com jogador que não pertença a federação/FIDE; ou jogador/máquina

 
 Requisitos para obtenção de Título após atingimento das normas: 

 -  2 ou mais normas em torneios com pelo menos 27 partidas

 -  Atingir: GM=2500, IM=2400, WGM=2300 WIM=2200

 - em raros casos o título pode ser concedido sob condição  de futuro atingimento do rating mínimo

Sobre as normas, um evento que tem sido primordial aos jogadores sem títulos de MI e GM,para alcançar as normas necessárias tem sido as Olimpíadas, veja na tabela que a FIDE traz como guia todas as possibilidades de ganhar títulos e normas de forma resumida:









Fonte das tabelas e informações:
FIDE ARBITER'S SEMINAR IN BRAZIL- NOV 2011

Para mais informações acesse:

Compartilhe este artigo :

+ comentários + 8 comentários

31 de dezembro de 2011 14:14

Realmente ficou bem explicado agora!! finalmente duvidas respondidas.. agradeço mais uma vez também pela divulgação de nossos videos.. vlw pela ajuda!

Anônimo
2 de janeiro de 2012 17:02

Amigo enxadrista, também sempre quis saber como se obtem os títulos e normas. Desculpe a ignorância mas você poderia detalhar um pouco mais para este pobre capivara como se obtem as tais normas? Já ouvi falar tanta coisa ( para obter o título desejado você precisa de x normas, para cada norma precisa obter x pontos no torneio, enfrentando x oponentes que já tem o título, etc ...). Agradeço, antecipadamente.

2 de janeiro de 2012 18:36

Olá amigo "Anônimo", realmente é uma dificuldade grande essa questão, é bastante específica mesmo, e não se considere ignorante por isso...A quantidade de partidas a serem consideradas são 27, cada norma vale no mínimo 9 partidas, e por isso as normas máximas exigidas são 3 para MI e 3 GM, mas olhando as imagens do post, verás que além de torneios que dão normas ou o título direto aos jogadores por serem campeões ou por alto rendimento, há aqueles em que o jogador alcança certa performance e com isso ganha apenas uma norma, que pode valer 9 partidas ou em alguns casos 13 ou 20 partidas. Se um MI faz uma norma de 20 partidas na Olimpíada por exemplo, caso faço uma norma simples em outro evento terá feita apenas duas normas, mas a quantidade de partidas consideradas será 29 e por isso alcançaria o título de GM com apenas 2 normas, visualize as tabelas comparando o tipo de evento e o que ele garante em normas e número de partidas para MI e GM, ficará bem mais fácil entender o que tratamos. Caso tenha mais dúvidas teremos o maior gosto em ajudar. Faço lembrar que não sou um grande expert na questão, e pode haver falhas em meu entendimento também.

9 de janeiro de 2012 17:33

Não é à toa que foi aprovado no FIDE Arbiter Seminar...

9 de janeiro de 2012 20:24

Obrigado pelo comentário Pablyto, ler isso do Sr. Presidente da Confederação Brasileira muito me alegra! Grande abraço!

11 de janeiro de 2012 16:12

Se me chamar de Sr. mais uma vez, não elogio nunca mais... hahahahahahhahaha...

11 de janeiro de 2012 18:20

Haha, ok! Estou avisado! Novamente agradeço!

8 de setembro de 2012 01:16

Dei entrada no título de CM, este mês. Não conquistei o direito por obter 2200, mas por jogar o zonal 2.4 da fide jogado em Araruama ano passado. A fide diz que o jogador que alcança 40% dos pontos pode reivindicar o título. Eu fiz 44% paguei a taxa referente ao mesmo. Pergunta, quanto tempo leva para saber se o título foi homologado ou não?

Postar um comentário