Home » , , » Cup 2011 - Defesa Siciliana: Svidler x Grischuk

Cup 2011 - Defesa Siciliana: Svidler x Grischuk

Postado Por Paulo Henrique de Faria em 17 de setembro de 2011 | 22:27


Eis a segunda partida da final da World Cup 2011. Svidler e Grischuk tiveram grande mérito para chegar as finais, mas nessa partida deixaram a desejar em termos de combatitividade. Estamos falando de dois grandes jogadores conhecidos pela iniciativa e vontade de vencer, mas em alguns momentos parece que se respeitam demais e talves esse excesso de segurança e poucos riscos afete no futuro as expectativas de almejar ao título da grande coroa mundial. Vamos a partida!


Svidler,Peter - Grischuk,Alexander 
Defesa Siciliana Najdorf B90
FIDE WORLD CHESS CUP 2011 FINAL, 17.09.2011

1.e4 c5 2.Cf3 d6 3.d4 cxd4 4.Cxd4 Cf6 5.Cc3 a6 6.a4 Svidler usa uma ideia menos jogada contra a Najdorf, mas muito interessante. Tal ideia de a4 foi jogada pela primeira vez em 1936 entre Factor x Fine / New York. E de alguns anos para cá vem sendo empregada entre os grandes Gms e já foi vista tal posição com Kasparov, Gelfand, Karjakin, Ivanchuk, Movsesian, Akopian entre outros. 6...e5 7.Cf3 [7.Cb3 Be6 8.Be2 Be7 9.0-0 0-0 10.f4 Transpondo para uma posição muito mais conhecida e agressiva.(10.Bf3 Cbd7 11.Te1 Tc8 12.a5 Te8 13.Be3 g6 14.h3 h5 15.Cc1 Ch7 16.Cd3 Bg5 17.Cb4 Bxe3 18.Txe3 Tc5 19.Dxd6 Txa5 20.Td1 Db6 21.Dxb6 Cxb6 22.b3 Rg7 23.Ccd5 Cd7 24.Cc7 Te7 25.Cbd5 Bxd5 1-0 Svidler,P (2722)-Nepomniachtchi,I (2720)/Moscow 2010/EXT 2011) ] 7...Be7 8.Bg5 Be6 9.Bxf6 Bxf6 10.Cd5 Cd7 11.Bc4 Tc8 12.De2 Cb6 Aqui se inicia uma série de trocas que culminará em uma posição equilibradíssima. 13.Cxf6+ Dxf6 14.Bxe6 Dxe6 15.b3 Aqui ainda tem duas partidas na base e ambas terminaram em empate. 15...0-0 16.Td1 Tc6 Não dá para falarmos que foi um mau resultado para nenhum dos dois jogadores, mas para nós expectadores foi uma partida meio sonsa demais de apenas 16 lances, aparentemente simples para o grande nível dos dois. Senti que ambos pareciam profiláticos e seguros demais, não querendo os riscos. O tempo restante de Svidler foi de 1h01 e Grischuk 49 min. ½-½

Compartilhe este artigo :

Postar um comentário